Superior Tribunal de Justiça decide a favor dos Beach Clubs



O ministro Sérgio Luiz Kukina, do Superior Tribunal de Justiça, suspendeu a execução de qualquer obra de modificação (demolição dos acréscimos posteriores a 2005) dos beach clubs de Jurerê Internacional. Determinou que mudanças só sejam efetivadas após o julgamento final e de mérito das ações que tramitam na Justiça Federal.

A informação é do advogado Rafael Horn, que defende os empreendimentos de Jurerê Internacional e vem acompanhando todos os julgamentos no Tribunal Regional Federal e no Superior Tribunal de Justiça.

Enfim prevaleceu o bom senso!