Estética em sintonia com o planeta: as soluções sustentáveis em arquitetura e décor da CASACOR/ SC

Edição na Capital da maior mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas ocorre até 27 de outubro no Cidade Milano 

Gabriela Bosco Dutra e Vanessa Buonomo - Foto Lio Simas
Alternativas em construção e décor que causam menor impacto no meio ambiente estão sempre em sintonia ao que é tendência. Em 2019, a CASACOR /SC apresenta diferentes soluções sustentáveis em projetos de estilos que vão do minimalista ao industrial. A mostra segue aberta ao público até 27 de outubro no Cidade Milano, na Av. Mauro Ramos, Centro da Capital.

O próprio evento foi pensado para gerar menos lixo e resíduo. Com 10 operações comerciais — uma das novidades este ano — que seguirão operando no local após a mostra, o descarte ao final será menor. Muitos profissionais do elenco também apostaram em projetos que combinaram reaproveitamento de materiais e uso inteligente dos espaços disponíveis de maneira a reduzir os resíduos após a mostra. 


Já em A Bilheteriah!, assinada por Gabriela Bosco Dutra e Vanessa Buonomo, os ares da floresta permeiam o ambiente. Uma instalação feita com bambus e que alude a uma grande árvore convida a refletir sobre o uso desse material que é um dos mais sustentáveis para construção civil e, embora abundante no Brasil, é ainda pouco utilizado no país.


— A instalação é uma escultura estrutural e autoportante, ou seja, que sustenta. Não está presa ao teto ou no chão. Nossa intenção foi chamar atenção para o bambu, que é conhecido como aço verde, a madeira do futuro. Por aqui o uso ainda se restringe à decoração, em cercas e mobiliário — explica Vanessa Buonomo.


O ambiente também conta com outras soluções. Os móveis em MDF serão reaproveitados pela CASACOR e os estofados são feitos com ecotecido, material produzido a partir de algodão e fios de garrafa pet.


— Sustentabilidade tem um papel importante não só estético, mas também econômico e ecológico. Nosso propósito é alcançar práticas sustentáveis em todas as etapas do evento e também engajar profissionais e o público sobre a importância de preservar o nosso entorno — diz a diretora da CASACOR/SC, Francis Bernardo. 


Cozy office - 3P Studio - Foto Lio Simas

Matéria prima reciclada e reaproveitamento após a mostra

No Cozy Office, ambiente assinado pelo 3P Studio, a sustentabilidade se manifesta na escolha dos materiais. Os revestimentos Brick da Gauss da Morada Eco, presente nos tijolos da lareira e na parede e piso do jardim, são produtos feitos a partir da reciclagem de restos de obras até embalagens de vidro de cervejas e refrigerantes. 


O Loft Duo, a dupla Cris Passing e Giovane Marangoni considerou escolhas sustentáveis para direcionar o projeto, que já nasceu em uma linha atemporal e cujas peças serão reutilizadas. 


Loft Duo - Cris Passing e Giovani Marangoni - Foto: Lio Simas

Graziela de Souza, que assina o Living da Arquiteta, também projetou o ambiente pensando em transformá-lo após a mostra em sua nova sala de atendimento, no próprio escritório. O projeto com estilo clássico destaca o trabalho de toda a trajetória profissional da arquiteta. 


Living da Arquiteta - Graziele de Souza - Foto: Lio Simas

Pegada industrial aproveitamento da estrutura existente

Muitos ambientes também optaram por aproveitar características do local da CASACOR/SC este ano, o novo empreendimento Cidade Milano. Em vez de rebaixamentos em gesso, de difícil descarte, usaram o teto à mostra, no melhor estilo industrial. No Beer Bar, Fabio Bubniak e Ana Carolina Melo encontraram nesse estilo os elementos que conceituam o projeto. Uma chapa metálica de container compõe o conceito. 


No Loft Pra Perto do Mar, a arquiteta Juliana Pippi propôs uma grande moldura que une arquitetonicamente a cozinha e o banheiro, são integrados ao ambiente e que receberam marcenaria com palha natural. Os pilares e vigas existentes receberam um revestimento com chapas pedriscos.


Loft Pra Perto Do Mar - Juliana Pipi - Foto Mariana Boro

O Porão UNILUX, de Beatriz Zeglin, Mariana Maisonnave, Arthur Lins, Felipe Finger e Vitor Sadowski, respeita a memória do casarão centenário onde viveu Hercílio Luz. Revelado em camadas no processo de restauro, a penumbra dá lugar a luzes que enaltecem a preservação do bem tombado. Paredes e arcos em tijolo maciço revelam as técnicas construtivas da época – contrastados com as contenções em concreto e um sofá que permeia e integra o ambiente. 


Porão Unilux - Beatriz Zeglin, Mariana Maisonnave, Felipe Finger, Arthur Lins e Vitor Sadowski - Foto Mariana Boro

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019

QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro - Terça a Sexta, das 15h às 21h

Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.

ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.

INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)

INFORMAÇÕES: contato@casacorsc.com.br / (48) 9 9938-3894

https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

O conteúdo que interessa por Douglas Ferreira e Hugo Alencar. Estilo de Vida; Mindfullness; Arquitetura; Gastronomia; Entretenimento; Moda; Cultura e Tecnologia.

 

A revista Jurerê é hipersegmentada para o público de alto padrão.

logo-hd-png.png
ed14site.jpg

Clique na capa para fazer o

download da edição desejada e boa leitura!

capa-media.jpg
capa12site.jpg
ED11mini.jpg
ED10-capa-web.jpg
JM9low.jpg