ENTREVISTA EXCLUSIVA COM A DIVA DAS ARTES, CLÁUDIA RAIA


Atualmente ela é Salete. Mas já foi Tancinha, Tonhão, Ninon, Donatela, Lívia, Ramona, Maria Escandalosa... Seu nome? Maria Cláudia Motta Raia, ou simplesmente, Cláudia Raia. Considerada um dos grandes ícones da TV brasileira, a atriz e bailarina completou 50 anos e acredita que está vivendo um momento muito especial de sua vida.


Li uma declaração recente sua: “Tive os filhos que quis, casei com quem eu quis, morei onde eu quis, tenho os amigos que escolhi.”. Você está vivendo um momento de plenitude? Com certeza! Não tenho dúvidas de que estou vivendo um momento pleno na minha vida. Trabalho com o que amo, tenho filhos lindos e amados, um amor parceiro... O que mais eu posso pedir? Tenho é que agradecer. Estou completando 50 anos muito bem e feliz. Sou abençoada. A propósito, como vai o casamento com Jarbas? Está tudo maravilhoso! Como disse, é um amor de parceiro. A gente se entende. Temos um humor único e que nos une.

Dos lugares que você morou, qual te deixou mais saudades? Morei muitos anos no Rio de Janeiro, agora a minha base está toda em São Paulo. Mas ainda fico lá e cá. Mas eu não tenho muito isso de “saudades de um lugar”. Vivo muito o presente. E está ótimo assim. Como é a Cláudia Raia mãe? Seus filhos dão muito trabalho? Meus filhos são a razão da minha vida. Gosto de estar perto, de acompanhá-los no dia a dia. Eu quis muito tê-los. Os dois me enchem de orgulho. Agora o Enzo está à frente da minha loja virtual (www.claudiaraialoja.com.br). E fico muito feliz de vê-lo tão comprometido com o trabalho, responsável. Fico feliz de ver que tanto ele quanto a Sophia são pessoas preparadas para a vida. Qual deles puxou mais a mãe? Acho que os dois têm coisas minhas, mas a Sophia é uma mini Claudia Raia. Ela é toda charmosa (risos). Você é cantora, atriz e bailarina. O que mais você deseja fazer, ou acha que precisa fazer artisticamente? Eu não acho que tenho que fazer algo. Eu faço aquilo que acredito, que eu amo de verdade. Se entro num projeto, é para mergulhar de cabeça. Foi assim em todas as novelas que fiz, todos os espetáculos que produzi e atuei. Essa é a vida que eu escolhi. Sou muito feliz com a minha carreira, com a minha trajetória. Em 2013 numa entrevista super divertida para o Jô Soares, você brincou que um dia escreveria um livro sobre sua bunda e outro sobre tudo que você sabe, mas não pode falar. De lá pra cá alguns desses segredos da Raia já podem ser revelados? Quando eu fizer 80 anos, eu vou fazer o espetáculo “Raia que os parta” (risos). Somente lá é que vou contar tudo o que não contei (risos). Podem esperar absolutamente tudo de mim. Não se enganem que eu vou ser simplesinha. Isso não vai acontecer! Já pensou sério em escrever um livro? É uma possibilidade! Não descarto escrever um livro. Como é a sua rotina? Continua Dançando todo dia? Já tive uma rotina mais puxada! Hoje eu estou tentando fazer uma coisa de cada vez. Mas ainda assim, faço muitas coisas no meu dia a dia. Sempre que posso, faço minha aula de dança, estou sempre em movimento. Agora gravando a novela fica mais agitada a rotina? O que muda ? Sempre fica. Novela exige uma dedicação. Não é só chegar e gravar. Você tem que estudar as cenas, decorar... Tudo gira em torno do trabalho. E eu fico mais na ponte-aérea, entre o Rio e São Paulo. Como é sua alimentação? Quais cuidados são indispensáveis? Tenho uma boa alimentação, bebo três litros de água por dia. Colho hoje o resultado de uma vida regrada. Faço minha aula de balé, malho. Vou à minha dermatologista, que me receita alguns cremes. Só uso o que ela fala. Mas beleza para mim está ligada à saúde. É com ela que eu me preocupo. Quero estar bem. Você já foi avistada aqui em Jurerê Internacional em diversas oportunidades, me conta um pouquinho sobre essa sua relação com o bairro? Jurerê é lindo! É de tirar fôlego. Já passei dias incríveis aí. Adoro. Quando podemos esperar vê-la aqui novamente? Agora eu estou dedicada à novela, então a agenda está mais apertada. Mas assim que puder, vocês me verão aí outra vez. Pra fechar, qual seu maior desejo ou meta para 2017? Quero que 2017 seja um ano mais tranquilo para todos nós, um ano de notícias boas. Como meta, além do trabalho em “A lei do amor”, estou produzindo o espetáculo “Singing in the rain”, que pretendo estrear no segundo semestre. Além de produzir, eu também vou atuar


#ENTREVISTA

O conteúdo que interessa por Douglas Ferreira e Hugo Alencar. Estilo de Vida; Mindfullness; Arquitetura; Gastronomia; Entretenimento; Moda; Cultura e Tecnologia.

 

A revista Jurerê é hipersegmentada para o público de alto padrão.

logo-hd-png.png
ed14site.jpg

Clique na capa para fazer o

download da edição desejada e boa leitura!

capa-media.jpg
capa12site.jpg
ED11mini.jpg
ED10-capa-web.jpg
JM9low.jpg